quarta-feira, 26 de agosto de 2015

[4ª Poética] - Autora Gislaine Alves de oliveira

• Antítese de viver •


Sorria para não chorar.
Grite para não calar.
Esclareça antes que escureça.
E nada mais se possa explicar.

Viva para não morrer por dentro.
Diga sim ao invés de não  em todo tempo.
Faça agora e não deixe para depois.
Se lembre de ser feliz para não esquecer teu intento.

Ligue-se nas coisas que o dinheiro não vai comprar.
Desligue-se das críticas que não irão te ajudar.
Durma e acorde revigorado, você precisa lutar.
O fim sempre gera um novo início.

O doce e o salgado vão depender do teu humor.
Se você é novo, mas por dentro tem alma de velho.
Tenha coragem e procure quem de fato é no espelho.
Ame mais invés de odiar assim poderá enfrentar a dor.



• Soneto - A lista de desejos •


A garota cujos olhos reverberavam paixão.
Dantes ainda pudera exultar de alegria.
Mas , amiúde apenas expressava solidão.
Havia tentado conter o ardor que sentia.
Uma lista de desejos ela fez para realizar.
Há muito amor e doçura no seu coração.
Havia tantas coisas a fazer antes de expirar.
A garota anelava pela liberdade.
Sentia avidez por tornar o sonho real.
Ansiava dispersar a tristeza que a invade.
Nisso não há nada de mal.
Alguém assim eu nunca irei encontrar.
A imortalidade lhe seria o presente mais ideal.
Que a estrela que há dentro de si sempre possa fulgurar.


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Versos da alma

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Versos da alma

Versos da alma

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Súmula de domingo] - JOGOS DA MASSA – Ana Cristina

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com