terça-feira, 1 de dezembro de 2015

[Enflorar literário] A trova do jeito que o povo gosta


Trova para mim também foi uma surpresa! Sim!! não conheço tudo, não escrevo tudo, apesar de poeta não sabia que havia taaantas formas de poetar, e muitas delas eu já escrevia sem saber.
E posso te afirmar, quando você tem mais opções, mais conhecimento, mais inspirações viram
Então, como dizia eu... A trova é uma composição poética de quatro versos de sete sílabas cada um, rimando pelo menos o segundo com o quarto verso.




                    Tipo assim:
Às vezes o mar bravio
dá-nos lição engenhosa:
afunda um grande navio,
deixa boiar uma rosa! 


É a criação literária mais popular que temos, não só no Brasil, mas na América latina é muito usada para expressar a ideia do povo, talvez fale mais diretamente ao coração das pessoas geralmente do interior.

Fernando Pessoa disse "A Trova é o vaso de flores que o povo põe à janela de sua alma."

É através da Trova que o povo toma contato com a poesia e sente a sua força. Por isso mesmo, a Trova e o Trovador são imortais. Se tornou uma tradição que passa de geração a geração, mas já faz um tempo que encontramos concursos literários de trova por todo o país.
Lembrando que trova é diferente que a poesia de cordel. Quando falarmos dela explico a diferença!



Mariane Helena.





Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[4ª Poética] Sofro em teu olhar - Robson Lima

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com