sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Soneto Natalino - Bruno Félix


Esqueça esse papo de Papai Noel
Abra a janela, ou saia na rua
Escolha uma estrela brilhante no céu
Que possa ser minha e possa ser sua

Esqueça os pinhe
iros artificiais
Esqueça da lenda do homem da lua
Enfeites de plástico (todos iguais)
Escolha uma estrela que possa ser sua

Então a divida com qualquer pessoa
Porque a vida é uma faísca
E nenhuma chispa lampeja à toa

Porque essa noite é tão especial
Esqueça das luzes de pisca-pisca:
Contemple a pura Luz do Natal.






Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Versos da alma

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Versos da alma

Versos da alma

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Súmula de domingo] - JOGOS DA MASSA – Ana Cristina

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com