segunda-feira, 4 de abril de 2016

[LiterLetrados] Falando um pouco mais sobre Mercado Digital!


Olá queridos Liters! Começamos juntos com o mês de Abril o nosso Curso para novos escritores, O LITERLETRADOS! E o nosso primeiro assunto foi Mercado Digital. Se ainda não viu veja aqui >>


E para continuarmos pensando sobre esse mercado, durante toda a semana traremos dica, matérias, curiosidades, palpites e afins... SEJA BEM-VINDO AO MUNDO LITERLETRADO!




A Hora e a vez do Mercado Digital

Na minha opinião, ainda falando sobre marketing editorial, o momento nunca foi tão propício. Editoras estão relativamente perdidas, sem saber ao certo como agir. Quem diria, hein?

Pela primeira vez o consumidor está à frente do mercado. É ele quem decide qual o próximo passo a ser dado. Ou até, muito possivelmente, a próxima tecnologia.
Booktubers tem surgido e forçado editoras a rever métodos e ações de marketing em grande escala. 

O mercado digital, epubs, ebooks em geral, é uma realidade. Sobretudo ao autor iniciante, que miseravelmente, depende do surgimento e consolidação das novas plataformas de auto-publicação para existir.

É fato que editoras não ganham dinheiro com os livros digitais (não como gostariam, é bom que se diga), o que deixa claro duas coisas: a razão  por não investirem tanto em livros digitais,ao menos aqui no Brasil, tampouco levantarem a bandeira. E o contínuo gasto e investimento em livros impressos de autores estrangeiros. Demonstrando lucros enormes, além de sorrisos.

1.7 bilhão de pessoas usam Smartphones, tablets e-readers em geral. Isso torna muito real o mercado digital para o autor iniciante. Só no Brasil, temos 1.3 celular por pessoa. Sem dúvida, uma ferramenta. E ao contrário do que a campanha que deveria ser intitulada "Tiro no Pé", veio para consolidar uma inteligência 3.0 e uma "política" de democratização do acesso  à leitura. 

Aos autores, cabe apenas ficarem atentos às mudanças, assim como as oportunistas prestadoras de serviço, loucas por uma fatia deste mercado. E administrar da melhor maneira possível , com engajamento e comprometimento real (não por modismo), sua carreira como autor. 

O livro digital não veio pra tornar o impresso obsoleto. É bom que todos saibam de uma vez. Veio para mantê-lo ainda mais vivo. Além de nos dar voz e ferramentas no árduo caminho da autopublicação. 

Luis Maldonalle.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Biografias Reais] Escritor José Saramago

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com