segunda-feira, 13 de junho de 2016

[Diversidade Literária] "O Pintor da Vida Moderna" Charles Baudelaire -Marivalda Paticcié


II

O Croqui de Costumes


Para o croqui de costumes, a representação da vida burguesa e os espetáculos da moda, o meio mais expedito e menos custoso evidentemente é o melhor. Quanto mais beleza o artista lhe conferir, mais preciosa será a obra; mas há na vida ordinária, na metamorfose incessante das coisas exteriores, um movimento rápido que exige do artista idêntica velocidade de execução. 
A litografia, desde o seu surgimento, imediatamente se mostrou bastante apta a essa enorme tarefa aparentemente tão frívola e possuímos nesse gênero, verdadeiros monumentos. As obras de Gavarni e de Daumier foram com justiça denominados complementos da Comédia Humana.
 O próprio Balzac, tenho certeza absoluta, não estaria longe de adotar essa idéia, pela justa razão de que o gênio do pintor de costumes é um gênio de uma natureza mista, isto é, no qual entra uma boa dose de espírito literário.
Observador, flâneur, filósofo, chamem-no como quiserem, mas, para caracterizar esse artista, certamente seremos levados a agraciá-lo com epíteto que não poderíamos aplicar ao pintor das coisas eternas, ou pelo menos mais duradouras, coisas heróicas  ou religiosas.

  • flâneur:  [pintor do circunstancial e eterno] 
  • circunstancial: [ que exprime uma circunstância]               
  •  eterno: [ pintor das coisas comuns, o mundo como ele é]

[Ás vezes ele é um poeta; mais  frequentemente aproxima-se do romancista ou do moralista; é o pintor do circunstancial e de tudo o que este sugere de eterno.]
        
 * Nesse trecho Baudelaire, aproveita a oportunidade para falar sobre a sua                      própria obra moderna.   

  * Um dos paradoxos sobre do pintor da vida moderna, ou seja, a modernidade                   traz algo que  passa e a moda que fica permanece. 


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[4ª Poética] Sofro em teu olhar - Robson Lima

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com