domingo, 20 de novembro de 2016

[Súmula de Domingo] Eu Tenho Medo!!! – Ana Cristina da Costa


Tristeza, Profunda....
Posso falar deste sentimento de indignação e perplexidade que assolam a Cidade Maravilhosa, cuja ancestralidade tanto causa-me orgulho. Acolhida pela capital mais nova a Brasília encantadoramente arquitetada e arquitetônica, fui feliz, tive uma infância feliz! Dada a origem, nunca tive vontade de voltar ao berço, por ter sido bombardeada todos esses anos por notícias ruins.
Cidade Maravilhosa, sim, de paisagens exuberantes detentora de eventos, dentre eles o carnaval, que emitem um sentimento de curiosidade e felicidade nos que a avistam em cartazes internacionais, a deveria sê-lo para os seus concidadãos, os “da gema”, os que a abraçaram por amor, os que largaram a miséria para traz e tomaram-se como cariocas de corpo e alma. Hoje infelizmente o quadro é corpo em chão, abatidos em carros-fortes, batalhões e helicópteros, contabilidade negativa para um cartão de visitas internacional, mas mesmo assim há olhos em sua beleza, há dedos que escrevem histórias encantadoras para o cinema.
Na contramão da vida, em Maastricht, considerada a cidade mais romântica do mundo Holanda,  André Rieu, rege e articula um concerto à céu a aberto, podemos sentir a felicidade nos rostos das pessoas, é uma felicidade que embora esconda suas tristezas, o que é próprio da vida, de uma vida onde vale a pena pagar-se impostos, onde vale a pena comprar um sapato caro e uma roupa confortavelmente ímpar, sair de casa com seu carro de luxo e ir ao concerto sem sustos e sobressaltos. Um show, arrepiante reunindo bom gosto e intelectualidade, onde vemos claramente pessoas chorando por terem sido tocadas pela beleza. Eu mereço uma vida assim, você merece uma vida assim, não precisa gostar de ópera, precisa gostar de vida!
Buscando as notícias na íntegra, encontro em um dos canais, um vídeo mostrando o acontecido mais recente, 4 policiais mortos na queda de um helicóptero, logo abaixo uma paisagem afrodisíaca propagandeando Aruba. A vida é assim nos mostra o melhor e o pior, podemos escolher ficar ou sair, assim como li logo pela manhã um relato, um lamento de um dos amigos na rede social, se dizendo cansado em morar no Rio de Janeiro.
Mais uma vez ressalto o sentimento do cidadão brasileiro em querer o melhor e sendo ele o herdeiro de Direitos, impressos em livro verde, magno e expressamente dito, devemos reivindicá-los.
Sentimo-nos assaltados de nossas vidas, estamos tristes e cansados, quem poderá dissolver-nos desta realidade?

Ana Cristina da Costa.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[4ª Poética] Sofro em teu olhar - Robson Lima

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com