domingo, 29 de janeiro de 2017

[COLUNA DE FÉRIAS] Onde é alegria, onde é tristeza em ser mãe?


Quando o filho chora
a gente chora!
Quando o filho ri,
A gente ri tanto
Que até chora!
Quando o filho cai,
A gente sofre tanto, 
que até chora.
Quando o filho se forma,
o peito explode e aí,
a gente chora,
Se briga, chora,
Chora...
Se faz as pazes,
A gente chora,
Se demora, 
chora,
Se se apavora,
Chora!
Se mora.
Chora!
Se vai embora, 
Chora!
Se volta,
Aí, não dá...
A gente chora!
                
ORAIDA


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Versos da alma

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Versos da alma

Versos da alma

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Súmula de domingo] - JOGOS DA MASSA – Ana Cristina

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com