domingo, 19 de março de 2017

[Súmula de Domingo] O Nosso Poder!!!- Ana Cristina Costa

Estão a extirpar nossas últimas fagulhas, aquelas que conferem a identidade de sermos humanos.
Desde os primórdios o homem para se firmar em sociedade teve que apresentar poder, quer que fosse ele braçal, intelectual ou monetariamente.
Aquele que se apresentava, se sobressaia mediante os outros com alguma dessas habilidades, tornava-se o rei, o mandante, o cabeça de todos os outros.
Somos naturalmente competitivos e aguçados pelo poder de sobrevivência, este herdamos assim que nossa pele entrou em contato com a atmosfera, acredito que mesmo antes de existirmos, a disputa dos espermatozoides em fecundar um único óvulo formulou a prova mais viva e autentica do instinto.
Portanto temos a necessidade de estarmos em movimento, mesmo sendo este intelectual, se vivos, em movimento do contrário estagnamos, viramos o tapete pelo qual todos os outros caminham por ele.
Se nos tomam o poder, somos envolvidos numa atmosfera de melancolia e inferioridade.
O homem é homem para outro homem.
Mas não é bem assim que têm nos tratado o nosso pai maior, o governo, a bandeira, a pátria, ele tem nos esmagado numa dívida a qual não fizemos, não solicitamos, não roubamos.
Porque a escravidão mudou seu nome e sua casca?
Digo que houve uma moldagem, uma nova roupagem para que não ficasse tão evidente a não mudança, a não evolução. Sim claro, fomos muito longe em muitas áreas, permeamos por outras tantas nunca antes imaginada, estamos mais espertinhos, mas muito aquém do que deveríamos ser. É como se todo aquele que chegando ao alto escalão do governo recebesse uma chave e abrisse uma porta a qual nunca teremos acesso, lá dentro estão todos os cordões que nos manipulam, somos apenas ventrículos.
Estamos ficando sem fôlego, sem estímulos para darmos continuidade ao trabalho quiçá aos nossos sonhos.
Escutamos a palavra REFORMA desde que nascemos e ela nos assusta porque sempre esteve carregada de garras afiadas, somos quadros em parede, parados e sem valor.
Bem como não sei por quanto tempo mais terei saúde, discernimento e sanidade mental para lhes escrever é que aproveito cada domingo, porque quando eu estiver aposentada talvez não tenha tanto estímulo.(sobre a contribuição e o tempo de serviço para aposentadoria).
Tenham todos um dia agradabilíssimo, Carpe Diem!!!!
Ana Cristina Costa.
Imagem extraída do Google
Sugestão de filme: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-32601/ Recordações.



Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Versos da alma

Anuncie

Anuncie

SnapChat

SnapChat

Facebook

Youtube

Feature Post

Versos da alma

Versos da alma

Google+ Badge

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Súmula de domingo] - JOGOS DA MASSA – Ana Cristina

Copyright © Faroeste Literário - entrevistas, cursos, resenhas e muito mais | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com