quarta-feira, 28 de março de 2018

[4ª Poética] Sua guardiã - Sy Moises


SUA GUARDIÃ.

Sou eu sua guardiã,
aquela que vai te cuidar 
proteger e defender
quando todos a tua volta
Resolverem te ofender.
Sou eu sua guardiã 
aquela que te aquecerá
o coração nas noites 
frias de solidão.
De longe sentirá 
minha aproximação 
suave será  meus 
passos pelo chão, 
leves feito plumas.
Afagos no seu coração.
E quando tudo parecer
Não mais ter solução, 
Serei eu a te conduzir 
segurando sua mão. 
E quando estiver com medo
Aparecerei feito o vento.
E se sem notar repousará 
em meu peito.
Te colocarei em meu colo.
Como se coloca alguém 
Numa nuvem. 
Te cobrirei com minhas asas
Para que se sinta em casa.
Porque sou aquela enviada.
Sou sua GUARDIÃ.

SY MOISES
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[4ª Poética] Uma porta entreaberta - Elísio Mattos

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com