domingo, 8 de abril de 2018

[Súmula de Domingo] Meu Brasil Retumbante! – Ana Cristina da Costa

Não é sobre as minhas e as tuas preferências, sobre simpatias e ou afinidades que tens com um ou outro (político, empresário, governo) é sobre o bem comum a todos, estou falando de uma nação que há muito sofre com ataques alheios, que se deixa inundar por quem nem tem simpatia pelo nosso povo, por quem apenas se beneficia exaurindo os nossos recursos naturais, as nossas riquezas, se assim as víssemos e lhes déssemos o devido valor. Estou falando dos nossos semelhantes em bravura, em sofrimento, em anseios, os brasileiros de carteirinha que veem o Sertão seco desde antes do nascimento de sua bisavó, este você que tem mais de 70 anos, que vê o salário ser mínimo mesmo antes dele ter nascido e que paga por sua comida o preço do ouro o qual nunca pôs os olhos. 

Ora, ora o que significa este bem comum, onde ele mora?

Ele tem moradia nas leis, nas normas, nos regimentos internos aos quais nós, os autômatos em fileiras, obedecemos cegamente a fim de mantermos uma ordem.

Há um segmento chamado Sociedade e estamos postos nela, pois é ela a detentora de toda a ordem a qual devemos seguir, somos humanos e por sermos, vamos de encontro à maioria sem questionamentos.

Quando nos colocamos em grupos afins, exaltamos os nossos ideais, expomos nossos pensamentos e nos vangloriamos mediante o apoio dos membros do grupo, isso faz com que, inflados da certeza, sigamos em frente, nada mudou, suspiramos.

Mas quando todos o ideais e certezas são contrariados, algo chacoalha dentro de nós, há uma invasão ao campo seguro, é um estilhaçar de toda a organização, cria-se o vazio dando vazão a outros pensamentos. Por conta deste instinto animal, acionado inconscientemente é que agredimos o outro e o enfrentamos com tamanha veemência.

Se nascemos no Brasil, somos brasileiros e por sendo, devemos lutara para que a máquina seja lubrificada e sua engrenagem funcione corretamente.

Não importa se A ou B entra ou sai, se houve confiança e credibilidade no seu discurso, se criou-se expectativas em torno das ideias, se houve simpatia logo de cara, se sua representatividade mexeu nos mais íntimos anseios patriotas, se fulano ou ciclano tem ou não estudo para estar onde está, o importante é que tanto com um ou sem ele, o que importa é: FAZER A COISA CERTA PARA O BRASIL.

Como?

Nas coisinhas bem miúdas e tendo início em você e se é brasileiro já sabe o quê é ou não permissivo.

Use a sua determinação, sua energia em defender as leis, as regras, os direitos e os deveres de forma que todos aceitem, use sua inteligência.

Onde?

Nas manifestações legais e intelectualmente bem montadas, domesticando o animal instintivo habitante em você, deem a ele alimentos eruditos e convença aos outros com seus argumentos, do contrário, alugue um espaço/arena e digladie-se à vontade.

O Brasil precisa deixar de ser motivo de chacotas, precisa deixar o Carnaval apenas em seus dias pertinentes e furtivos, precisa ser reconhecido por sua intelectualidade e excelência. Leiam, estudem, cobrem dos políticos as suas promessas de campanha, aliás, primeiro de tudo, vejam quem são.

Desejo a todos dias melhores,

"Ouviram do Ipiranga às margens plácidas
De um povo heroico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante".

Por- Ana Cristina da Costa
Imagem extraída do Pixabay-

O que é Pixabay?
Pixabay é uma vibrante comunidade de criativos, compartilhando imagens e vídeos livres de direitos autorais. Todos os conteúdos são lançados no Creative Commons CC0, o que os torna seguros de usar sem pedir permissão ou dar crédito ao artista - mesmo para fins comerciais.

Indicação de filme: O ano em que meus pais saíram de férias https://www.youtube.com/watch?v=yplwrQIWgIw



Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com