domingo, 13 de maio de 2018

[Faroeste News] 13 de Maio - Dia de Reflexão e Luta contra a Discriminação


                                  Antes eramos escravo,

                     hoje somos pretos marginalizados




"Ou seja, FOI TUDO UMA FARSA! 
Nenhum opressor simplesmente te olhará e dirá: 
vá você está livre! Pelo contrário!
 você diariamente deverá acordar e conquistar sua verdadeira liberdade. 
Essa é a rotina do negro brasileiro."
(Mariane Helena)

Dia 13 – A  Lei Áurea extingue oficialmente a escravidão no Brasil. Mas a data é considerada pelo Movimento Negro como uma “mentira cívica”, sendo caracterizada como Dia de Reflexão e Luta contra a Discriminação (1888).

13 de maio é o dia que uma tal de Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon ou popularmente conhecida por "Princesa Isabel" assinou um decreto em que libertava todo escravo nascido no brasil, a Lei Áurea.

Quem estudou em escola publica, assim como eu também estudei,sabe que nas aulas de Historia, os professores falavam da Princesa Isabel como se ela fosse uma santa, uma mulher que teve dó do povo preto, que no auge de sua bondade libertou os escravos.

Nas escolas pelo menos até os anos 90 e começo dos anos 2000, eu terminei a escola em 2005, e falo como propriedade, dentro das salas de aula eu nunca ouvi falar em Luis Gama,Zumbi dos Palmares,Ganga Zumba,Dandara, eu pelo menos fui conhecer estes Mitos Brasileiros através do RAP e do HIP HOP,nas escolas se ensinava que a tal da Isabel era a nossa "salvadora".

Como diz na musica do Inquérito "Nego Nego" 
"Não foi bem do jeito que a história te ensino
Zumbi que lutou a princesa só assino"

O dia 13 de maio não é um dia para ser comemorado, pois a abolição dos escravos foi algo forçado e muito mal elaborado tanto que é refletido até hoje.

  • 1º - A princesa Isabel foi forçada a assinar esta lei por pressão da Inglaterra, não porque a inglaterra era boazinha e sim porque para os negócios dela que era a industrialização, da linha de montagem e de todos os setores, o escravismo era um forte concorrente, pois usava mal de obra não remunerada.


  • - Após a assinatura desta lei o que foi feito para com o povo que antes era escravo e só tinha a roupa do corpo..? que abolição foi esta..?

O Negro foi forçado a Marginalidade, quando eu falo em Marginalidade não falo em vida bandida e sim de um povo que primeiro foi Marginalizado ou seja foi imposto que teria que viver nas margens da sociedade branca e elitista da época, com isto surgiu as periferias, as favelas que antes era Quilombos.

E claro que o reflexo de uma sociedade marginalizada é que se forme formas corruptas de se ganhar dinheiro, pois a revolta e a fome se manifesta de varias formas.

Com o fim da escravidão o brasil ficou sem mão de obra na visão dos Antigos senhores de escravos,que agora eram grandes fazendeiros, mas dai eu lhes pergunto, não tinha mão de obra..? 
com milhões de negros sem empregos ..? tinha mas não queriam empregar os pretos

A Elite Brasileira era unida e orgulhosa e espalhou anúncios que precisam de trabalhadores que de preferencia tivesse família que chegando aqui teria sua terra para trabalhar e plantar e com isto vieram Italianos,Alemães,Japonês,Árabes dentre outros povos.

Resumindo os Pretos vieram como escravos e quando foram libertos não tiveram direito a nada, nem a emprego digno, nem moradia, nada, já o "imigrante" teve direito de trazer até sua família,teve seu pedaço de terra e um trabalho digno, tanto que hoje todos os seus descendentes gozam de mordomia..

Já os descendentes de escravos a sua esmagadora maioria vivem como pobres nas favelas e são tratados como aninais marginalizados.

Como diz na musica "Capitulo 4 versículo 3"dos Racionais Mcs 
"Efeito colateral que seu sistema fez"

Antes eramos escravo,hoje somos pretos marginalizados!




Mariane Helena
Fonte:www.noticiario-periferico.com


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Súmula de Domingo] Os Nossos Direitos – Anna Costa

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com