quarta-feira, 20 de junho de 2018

[4ª Poética] Para alguém que se importe - Jeff Tron


PARA ALGUÉM QUE SE IMPORTE



Escrevo cartas para você
Para alguém que se importe
Alguém que me visualize além da minha dor
Alguém que conheça minhas mazelas 
E mesmo assim ainda decida ficar.

Eu sei que você conhece o que sou
Vivo num conto de fadas 
Que criei para me proteger das dores do mundo
Acordar para realidade para mim parece ser impossível
Sinto-me tão indestrutível em seus sonhos
A realidade assusta e quando abro os olhos estou só no silencio
E vejo que é tão irresistível a fragilidade em que me concentro


Eu sei que você conhece o que sou
Deslumbrado pela esperança
E surrado por amar a outro igual a mim
Traído pelo sua própria fé
Então eu grito segredos avassaladores pra mim
Eu posso tentar me levantar, mas fui punido. 
Espancado pelas suas palavras

Eu te avisei não sou que você vê
Você pode me ver como um anjo, 
Eu posso parecer o menino perfeito
Mas sou feito de erros
Uma falha tentando ser certo
Para se sentir completo

Alguém pode me ouvir?
Alguém pode me salvar de mim mesmo?
Tudo virou cinzas
Só um beijo irá curar 
As dores que tatuei em minha pele.

JEFF TRON



Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[4ª Poética] Nem sempre é fácil esperar - Soares Barbosa

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com