domingo, 3 de abril de 2016

[Súmula de Domingo] – O Amor Move Montanhas – Ana Cristina



 No amor cabem tantos sentimentos nobres, ele é tão versátil e universal que não me canso de falar sobre ele, sobre como ele modifica a vida das pessoas.
Nele cabe falar sobre, nobreza de caráter, lealdade, determinação e patriotismo.  Cabe citar também suas variações e são elas medidas por sua intensidade. Amor de mãe, de casal e suas infinidades.
                O amor de irmão. Este é o mote da questão de hoje, amor fraternal. Convicção ou traduzido como A Condenação, este filme fala deste amor profundo entre irmãos. Fala sobre como o amor por uma pessoa muda toda a sua vida e sem perceber esse o indivíduo sai buscando mecanismos, meios de entender e desvendar os códigos, quando ele percebe já foi tão longe que nem lembra da sua vida de (conforto).
Tudo na vida não passa de código e fórmula, você só precisa condicionar o seu cérebro a aprender.
No ditado “o hábito faz o monge”, não são meras palavras, é uma fórmula, dando o entendimento de que se você fizer a mesma coisa todos os dias, o mínimo que pode acontecer é, aprender.
                Foi isso que fez a irmã para defender o irmão da condenação de prisão perpetua e conseguiu. Ela saiu de sua zona de conforto e se propôs a aprender.
                O amor move montanhas. Neste caso moveu sim. Na maioria das pessoas uma sentença, seja em que segmento for, é para elas o definitivo, o aceitável, para outras não, lhes resta ainda, o benefício da dúvida, fazendo com que movam céus e terra até a exaustão.
                Meu conselho é de que movam a sua montanha, mexam-se de onde estiverem e corram atrás dos seus sonhos, levem consigo, amor, uma dose muito grande de amor, nem que este seja usado naqueles com os quais esbarra na vida e você tem vontade de joga-lo lá de cima da sua montanha, mas use-o, em tudo o que for fazer.
Não eu não plagiei o ditado, só o enfatizei, afinal o que é a fé senão o próprio amor?
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Áudio descrição

Áudio descrição
Nós do faroeste, sempre usamos da literatura para falar sobre diversos assuntos, Principalmente sobre causas em que acreditamos, e isso é o maravilhoso da literatura e da arte não é? Ter a liberdade de se expressar. E tão importante como é falar sobre, é ter pessoas para ler e ver o trabalho que fazemos. E mais importante ainda, é permitir que todos tenham total acesso. Por isso, começamos um trabalho em nosso blog. Agora, todas as nossas publicações que possuem imagem, tem em sua legenda a Hashtag PraTodosVerem. Que é um recurso de acessibilidade que dá, a pessoas com deficiência visual acesso total aquilo que publicamos, tanto texto, como imagem, que nós sabemos que é algo que complementa, e muito, aquilo que queremos contar e mostrar. Sempre, depois da Hashtag, irá se seguir uma breve descrição da imagem, descrevendo os elementos principais que a compõem. Este trabalho é uma parceria com a áudiodescritora Raquel Carissime, e os co roteiristas Eduardo Collette e Juliana Santos. O amanhã com ainda mais historias é para todos.

Seguidores

Instagram

Parceiro

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

#PraTodosVerem A capa tem fundo amarelo claro, à esquerda, o laço amarelo, símbolo da Campanha. Em cima no centro, em letras pretas: "Eternize suas emoções em versos de vida... Alegres ou tristes eles importam para nós!", abaixo a sombra de uma mão voltada para cima. E a direita, a logo do Blog.

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

{Versos de vida} Vestida de flor - Mariane Helena

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com