quarta-feira, 22 de março de 2017

[4ª Poética] Duplo engano - Adriano Lima



Sonhei
que tinha sonhado
que a corrupção
havia acabado
 
Mas acordei no sonho
e depois de realmente acordado
vi que havia sido
duplamente enganado

ADRIANO LIMA
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Súmula de Domingo] Sobre a Cultura – Anna Costa

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com