[4ª Poética] Verdade revelada - Katia Massuda


No seu rosto a raiva
Olhos fixos, lábios cerrados,
Um franzir na testa.
De suas mãos brancas e delicadas,
Afloram socos que caem sobre
meu corpo.
Um corpo resignado que se molda
Com golpes que desfere;
Que se entrega à dor.
à dor iminente
de perder
minha deusa dourada.

KATIA MASSUDA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Conto] Viúva de todos os homens - Sara Timóteo

[Súmula de Domingo] Ah! A Primavera e seus Ipês! – Anna Costa