quarta-feira, 23 de maio de 2018

[4ª Poética] Atenção: O amor mata - Davyd vinicius


ATENÇÃO: O AMOR MATA



Arranquem-me essa droga de coração!
Eu não quero mais saber dessa merda de amor!
Sintomático, refém dessa dor que me mata,
golpeio-me a pauladas de forma lenta e dolorosa.
Atenção: O amor mata.

DAVYD VINICIUS 

0 comentários:

Postar um comentário