domingo, 1 de julho de 2018

[Súmula de Domingo] Nas Entrelinhas – Ana Cristina da Costa


      Eternos aprendizes é o que somos também ensinadores de quaisquer coisas. Necessitamos de escolas, de exemplos, um norte de orientação, de heróis para nos orgulharmos, de um país para chamarmos de casa e pátria, mas há uma redundância, um movimento cíclico ao qual nos reportamos quando perdidos no espaço/tempo. A inteligência já reside no cérebro do inventor bastando apenas o toque no botão para que a fábrica manifeste-se em reprodução. O criador e a criatura.

     Aprendemos em qualquer situação ou em qualquer hora e eu aprendi algumas coisas em uma série sobre os grandes chefes culinários. Não foi a culinária em si, mas vi em todos eles sem exceção uma obstinação em alcançar o objetivo, talvez uma obsessão. E essas lições chegaram aos meus filhos e as embebi como bálsamo.

Nada na vida é verdadeiramente fácil.

Nada é surrealmente mágico.

Nada é inalcançável.

     Eu aprendi em um programa sobre culinária e você pode aprender em um sobre luta ou de outra coisa qualquer, apenas aprenda e tome essas lições como o ponteiro de sua bússola, só não se esqueça de olhá-la de vez em quando, tome seu rumo, alcance seu hexa.

     Nas entrelinhas estão os melhores tesouros, incrustadas nas rochas do dia estão as pedras mais preciosas, as lições mais puras. Portanto quando achar que nada mais dará certo, eis que surge à sua frente como num passe mágica o brilho do qual necessita.

     Nestes tempos de Copa do Mundo onde o Brasil está se destacando, onde muitos torcem por sua vitória e claro, há os que rechaçam, há os que mesmo em se tratando do seu país representado criticam a competição, onde neste ano somado à festa esportiva, teremos eleições, onde a recessão nos apunhalou pelas costas, devemos nos manter na linha, devemos ao máximo com nossa Inteligência, tentar demover de nossas terras essa energia ruim.

De que maneira?

Primar pelos bons costumes.

     Cuidemos em primeiro lugar de nossas crianças, protegendo-as da obscuridade, fiscalizar e cobrar daqueles detentores das canetas tolhendo-os dos maus hábitos. Não somos mais tão inocentes. Depois, em tempos igualmente de compartilhamentos, tomemos como exemplos o que dá certo em outros países e por que não fazermos o mesmo?

     Lembra-se dos exemplos? Pois é eles são melhores que mil palavras, discursam nas entrelinhas.

Tenham um excelente início de semana!

Por: Ana Cristina da Costa
Imagem extraída do Google
Indicação de filme: Chef’s TABLE
https://www.netflix.com/br/title/80007945

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Súmula de Domingo] Passo a Passo – Anna Costa

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com