domingo, 14 de outubro de 2018

[Súmula de Domingo] As Grandes Invenções e a Sua – Ana Cristina da Costa



“Em momentos de ânimos exaltados por conta de preferências políticas, que tal uma reformulada em sua vida, claro que a política nos move, mas pense um pouco em você e tenha mais vigor para as suas ideias.”
Século XVII, foram inventados os primeiros óculos, aprimorados mais à frente e usados até hoje, não fossem os meus, nem estaria aqui escrevendo;
Seiscentos A.C. os Fenícios criaram o sabonete que trouxeram aos dias de hoje um prazer dos mais incríveis que é lavar-se e perfumar-se ao mesmo tempo;
Por volta de 1800 veio o fogão a gás, facilitando o trabalho das pessoas que se aventuravam a cozinhar inúmeras iguarias, para o deleite dos que aguardavam no apetite voraz,
E o que você me diz dos pratos e dos talheres, esses que conferem até hoje o detalhe glamoroso em uma mesa posta?
Bem, não citarei as incontáveis invenções, o que seria humanamente impossível neste pouco espaço conferido a mim para a crônica de domingo, mas quero falar em especial da melhor de todas, a interior, esta sim é capaz de mover as próprias montanhas encravadas em seu interior.
Reinventar-se, na verdade é isso, é sair da zona de conforto e andar.
Quase sempre se espera reconhecimento pelos feitos e este deve ser imediato, pois é própria do ser humano, a ansiedade. Ela faz um papel fundamental em nossas vidas como mola propulsora das expectativas, um ser humano sem expectativas é quase morto.
Faça, apenas faça, claro que nem sempre a paciência é viável, haja vista que dinheiro e paciência não andam quase nunca juntos, mas há de se pensar que de gota em gota enche-se um balde ou qualquer outro recipiente. Portanto poupar, cortar gastos e ter visão de empreendedor é a melhor ferramenta a ser usada no momento de crise.
Esses grandes inventores da humanidade nem sempre foram reconhecidos em suas épocas, muitos até foram postos a castigos e ou levados à morte por ferirem códigos e posturas da comunidade. Mas como inventos são postos em gavetas, um dia alguém na curiosidade os pega, experimenta, dá o seu toque e voilà, temos um artefato totalmente adaptado aos nossos tempos.
Tragamos para nossas vidas a ideia de invenção, o que precisa ser remodelado em você?
O que te deixa frustrado por não ter feito?
Não vamos falar de passado agora, o que importa é o que ainda pode fazer no seu caso o que seria?
No meu, me reinvento a cada dia com pequenos detalhes, nas práticas corriqueiras, na alimentação, nos passos dados, no aprendizado das coisas. Ultimamente tenho projetos que creia Deus eu os termine. Tocar violão, já esboço o “Parabéns a você” e estou muito feliz por isso, entrei na faculdade depois de muito adiar entre outras atividades artísticas, cinema, literatura, costura, sou assim múltipla. Também procrastino, assim como você, este é um mecanismo de defesa do corpo, ele não quer movimento, pois significa gastar energia, para ele ficar parado é a melhor coisa a fazer, memória da ancestralidade.
Neste dia do movimento que tal começar agora? A rua lhe espera,  o ar, os pássaros e outras tantas maravilhas as quais o homem não teve participação, essas estão desde o início, não sabemos se ficarão por muito tempo. Então se é esta a sua preocupação, mexa-se.
Desejo que você reinvente-se a ponto de não se ver mais no passado, desejo-lhe sucesso, um forte abraço!
Por: Ana Cristina da Costa
Imagem extraída do Pixabay



Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Especial Faroeste] Dia dos namorados

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com