domingo, 28 de abril de 2019

[Entre nó(s)] Bom menino - Davyd Vinicius



Seria completamente impossível que isso saísse pela minha boca, logo eu que sempre fui um bom menino e até aonde eu sei, bons meninos não odeiam ninguém.
Talvez eu já esteja condenado a viver com esses cacos aqui por dentro e eles me machuquem cada vez que você fala dele. Eu sei que sou idiota de mais, trouxa de mais por me
submeter a essa situação. Na verdade, eu acho que de nada mais me adianta ser um bom menino se eu jamais serei o bastante.
Espero que as suas noites com ele sejam boas, espero que antes de dormir Deus possa tirar um tempinho pra me escutar. Eu prometo chorar baixinho, mesmo minha vontade sendo
apenas de querer gritar.
  
Entre nó(s), para desatarmos as angústias dos nossos corações, revelarmos o mais intimo de nossos seres. Aprendermos a fazer morada em nossos corpos e lidarmos com aquilo que chamamos de sentimento, acessarmos o canto mais profundo e escuro de nossos nó(s).

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[Especial Faroeste] Dia dos namorados

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com