domingo, 7 de abril de 2019

[Súmula de Domingo] Os Círculos – Ana Cristina da Costa


Já percebeu que a maioria das coisas no mundo obedecem a uma forma circular, até mesmo algumas frases? Um clichê – “Nada como um dia atrás do outro e uma noite no meio”.
Será que a forma redonda, por morarmos em uma casa bola, por termos um satélite e seus vizinhos planetas da mesma forma é apenas uma maneira do cérebro reconhecer as coisas por termos olhos igualmente redondinhos? Se eles fossem quadrados veríamos as coisas quadradas? Sei que estou divagando um pouco, mas algumas coisas no mundo nos intrigam e por que não discursar sobre elas?
Todos os dias pela manhã, eu desço uma serra para ir trabalhar e ao apontar no final da rua vejo o céu e o sol com suas pinceladas de nuvens acinzentadas noutras vezes está sozinho e brilhante cumprindo a missão de ser belo aos nossos olhos. Essa reflexão matinal confere a mim um abastecimento energético, me faz crer em um mundo ainda bom.
Por vezes somos acometidos de assalto, nos tomam a paz, a fé e a vontade, mas no dia seguinte algumas peças do tabuleiro se mexem a nosso favor e tal como o rei, inferimos o cheque mate naqueles roubadores do sossego.
Divagações à parte a vida é esse emaranhado de acontecimentos bons e ruins. Vivemos numa esfera, onde há uma fábrica de belezas, onde os humanos tentam a todo custo entender a natureza, fazemos parte dela, mas sabemos tão pouco. Sofremos as influências cósmicas, as ações do tempo e a todo o momento temos respostas para os questionamentos, apenas somos incapazes de ler a linguagem refinada da natureza.
Há uma ação centrípeta no meio de tudo isso, onde a reciclagem será eterna, onde a terra não liga, nem sabe dos dados do calendário, ela sabe apenas que precisa sobreviver como organismo, combatendo as chagas deixadas pelo homem.
Hoje eu sugiro que se levante, mesmo que sua cara esteja inchada de chorar e apenas olhe o céu. Divague, faça as suas perguntas e mesmo que as respostas não venham de imediato, ao menos conseguiu dar um giro de 180◦.
Desejo a vocês uma semana inenarravelmente bela e redonda.
Por: Ana Cristina da Costa
Imagem extraída do Pixabay





Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Instagram

Parceiro

QG dos Blogueiros

Facebook

Youtube

Blogs Brasil

Feature Post

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Postagem em destaque

[4ª Poética] Preta raiz - Mariane Helena

Copyright © Faroeste Literário - Para um amanhã com ainda mais histórias | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com